Categoria - Reflexões (17)


Ainda temos muitas dificuldades para que a leitura literária se torne um hábito na infância.
Então, a ideia dessa entrevista é dar voz às mães e pais e suas dificuldades. Pedimos a Carol, do Conversa de Quintal, e a Nedjma, do Conta outra vez,…

Saiba Mais

Conheça nossa visão sobre o encontro entre livro, adulto e criança. Uma visão em que a infância e a brincadeira são os grandes guias! Apresentamos para isso o livro incrível AMAR E BRINCAR, de Maturana e Verden-Zoller.

Saiba Mais

Na quarta-feira, 24-10, fomos a um bate-papo guiado por Rosa Walcacer e Anna Luiza Guimarães – na Casa da Rosinha, em Laranjeiras, RJ – cujo ponto de partida era o o seguinte questionamento: Política é coisa de criança?

Saiba Mais

Entre os adultos mediadores de leitura, existem algumas opiniões a respeito do conteúdo das histórias oferecidas às crianças. Vamos distinguir aqui três delas, no que diz respeito à felicidade ou infelicidade de seus personagens.

Saiba Mais

Este texto é quase um manifesto. Uma necessidade de esclarecimento. Quando falamos de leitura, não estamos falando simplesmente do processo de decodificação das letras, que começa na – muitas vezes penosa – alfabetização e vai até o fim da vida,

Saiba Mais

“Tainá sabia para onde deveria ir, mas era bom seguirem juntos” “Essa é a nossa história, Tainá! Não desista dela!” Tainá é uma menina feita de água, mas capaz de entender a linguagem das pedras;

Saiba Mais

Sim, há grandes traços marcantes da personalidade humana representados nos contos de fadas – o que explica um pouco a durabilidade e o encantamento dessas histórias. Mas não, contos de fadas não são universais ou atemporais.

Saiba Mais

Esta é uma história que começa com “Era uma vez…”, mas que vai muito além do já conhecido e do esperado em narrativas tradicionais para crianças. Muito me encanta essa configuração da literatura infantil como gênero literário

Saiba Mais

(Esse é um segundo post em que falo sobre representação homoafetiva na Literatura. Para olhar o primeiro texto, clique aqui) OLÍVIA TEM DOIS PAPAIS traz a história de uma menina, bem livre em sua infância,

Saiba Mais

Sempre fui de questionar. Às vezes para fora, destemida e desbocada. Outras vezes para dentro, em reflexão e silêncio. Eu era daquelas que sempre tinha perguntas para o professor.

Saiba Mais

POESIA PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA Por Roberta Malta A mãe fala com a criança antes mesmo de o bebê nascer. E mesmo que não seja compreendida. Porque a voz não é feita apenas de sentidos, mas de afetos.

Saiba Mais

Sabe cheiro de papel? Sabe ilustração bem colorida? Sabe livro cheio de aventuras pra descobrir e explorar? Minha criança gostava disso tudo. Na minha infância, livro era bom. Foi fácil pra mim isso de se tornar leitora.

Saiba Mais